USP - Universidade de São Paulo
Universidade de São Paulo

Doe 1 Dia

Apresentação

Proposta: Voluntariado de 1 dia de trabalho por ano

Quem pode: Professores e funcionários pertencentes ao quadro da Universidade de São Paulo, que desejam apresentar seu conhecimento e experiência na sua área de trabalho ou em outras áreas ligadas à cultura e ao lazer. Não é necessário comprovar formação ou experiência na área do assunto que se pretende apresentar. Basta demonstrar o conhecimento de forma sucinta através do resumo dos objetivos que se desejam alcançar.

Público-alvo: Escolas municipais e estaduais do ensino fundamental e médio; presídios e casas de detenção; asilos; orfanatos entre outras.

Modus operandi: Os interessados em participar do programa ‘Doe 1 dia’ devem acessar o link DOE. O trabalho a ser desenvolvido deve ser apresentado e aprovado previamente. Para tanto, solicita-se a apresentação de um resumo e dos objetivos que se desejam alcançar (máximo de 1 página) e um currículo do proponente (máximo de 1 página).

Objetivo: Objetivo geral: Levar cada vez mais a USP à sociedade.

Objetivos específicos: Entrar em contato com jovens alunos e a comunidade de modo geral e apresentar/discutir/desenvolver um tema/uma vivência cujo voluntário experiente (professor ou funcionário da USP) possa ensinar, pois tem algum domínio do assunto e, por sua vez, aprender com a oportunidade de transmitir esse assunto aos jovens alunos, futuro deste país, e à comunidade em geral.

Justificativa: Muitos jovens alunos das escolas públicas tem uma visão da USP como algo inacessível e longe de sua realidade, bem como a comunidade muitas vezes não tem noção do que é feito em prol da mesma no âmbito da USP. Ouvir um profissional da USP e perceber que esse profissional tem um trabalho que lhe é gratificante, permite-lhe o sustento e, em adição, tem paixão por esse trabalho a ponto de apresentá-lo a um público diferente de seus pares, ou ainda, que esse profissional tem um hobby (música/instrumentos, teatro, decoração, jardinagem etc.), um outro interesse que o completa enquanto ser humano em constante evolução, é inspirador para os jovens e para os membros da comunidade em geral e mostra que a comunidade acadêmica está próxima e que a Universidade é acessível. É recomendável que a atividade a ser desenvolvida seja precedida de breve currículo do ministrante e da boa influência da USP em sua vida.

O que trabalhar:  O conteúdo a ser apresentado pode ser diretamente relacionado ao trabalho do profissional da USP, ou não. O requisito é que seja apresentado e aprovado previamente. Podemos ter um professor da matemática palestrando sobre a história da música, ou um secretário ensinando a pescar, ou um filósofo comentando a vida de Nietzsche entre outras tantas. São milhares de possibilidades, tantas quanto o total de professores e funcionários desta grande universidade.

 

Periodicidade: 1 dia/ano, durante o horário de trabalho. Salientamos que mais de 1 dia por ano será muito bem-vindo.

Contrapartida: A USP permitirá ao funcionário/docente a facultar esse dia sem ônus e o proponente receberá um certificado pela CCEx.

A instituição receptora poderá ser solicitada a contribuir/prover com algum material utilizado durante a atividade. Pede-se que as atividades sejam registradas em fotos, formalmente autorizadas pela instituição receptora, e enviadas à CCEx.

 

Parcerias: parcerias e/ou patrocinadores viabilizam o projeto, além de estreitar o vínculo com a comunidade.

Na cidade de São Carlos foi firmada a parceria com a Diretoria de Ensino e com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável, Ciência e Tecnologia. São essas parcerias que possibilitam o acesso às instituições receptoras.

 

A título de exemplificação, apresentamos algumas atividades passíveis de serem desenvolvidas e a forma de apresentação junto ao órgão competente. Para maior fidelidade, cada exemplo tem, no máximo, uma página.

Exemplo 1) Compostagem

Título: Compostagem: fundamentos, preparo e aplicação

Data: data da atividade

Palestrante(s): Nome e departamento-escola/faculdade/instituto/museu do(s) envolvido(s)

Público-alvo: Estudantes do (discriminar o ano) da (nome da escola do ensino fundamental)

Objetivo: Ensinar a preparar e a utilizar o composto produzido a base de resíduos domiciliares

O que será ministrado: O que é resíduo domiciliar. Qualidade e quantidade do que é gerado na cidade de São Carlos. O que é compostagem. Como preparar o composto. Relacionar a decomposição do resíduo e a formação do composto, assim como a qualidade do solo à água e à atmosfera, levando em consideração o aprendizado de ciências ministrado na sala de aula. Como preparar o solo para a plantação e aplicar o composto em vasos e hortas. Discutir a possível economia para a cidade com essa reciclagem. Apresentar exemplos mundiais, como o da reciclagem da borra do café em Londres.

Como será ministrado (supondo-se uma plateia entre 10 e 13 anos): Palestra com apresentação de slides e vídeos (se houver disponibilidade). Jogos para fixação dos conhecimentos. Oficinas para discussão do que pode ser compostado. Dar início à compostagem. Atividade prática de preparo do solo para plantação de sementes.

Em caso de dúvidas entre em contato pelo e-mail: ccex@iqsc.usp.br

Parcerias

Diretoria de Ensino – Região de São Carlos

 

Iniciativa busca aproximar a Universidade da sociedade

Transformar a visão de que a USP é inacessível e que pouco influencia a realidade do país. Esse é um dos objetivos do projeto Doe 1 Dia, que surgiu em São Carlos. Para alcançar essa finalidade, a ideia da iniciativa é estimular professores e funcionários a realizarem atividades voluntárias em escolas públicas, casas de detenção, asilos, fundações e associações.

Inicialmente, um projeto piloto será implantado em duas unidades de ensino e pesquisa da USP: no Instituto de Química de São Carlos (IQSC) e no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC). Mas a ideia das professoras que criaram a iniciativa é expandí-la para toda a Universidade. “A proposta é que professores e funcionários possam levar seus conhecimentos, que podem ser técnicos ou relacionados a um hobby ligado à cultura e ao lazer, para além dos muros da instituição”, explica a professora Maria Olímpia de Oliveira Rezende, da Comissão de Cultura e Extensão Universitária do IQSC.

Ela desenvolveu o projeto em parceria com a professora Kalinka Castelo Branco, do ICMC. “Ao compartilhar os conhecimentos com a comunidade, os professores e funcionários também passarão pela experiência de aprendizado e crescimento pessoal”, ressalta Kalinka. “As possibilidades são muitas, tantas quanto o total de professores e funcionários da nossa Universidade”, acrescenta.

Para facilitar a realização do projeto, foi firmada uma parceria com a Diretoria de Ensino da região de São Carlos e com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável, Ciência e Tecnologia do município. Essas parcerias facilitarão o acesso dos professores e funcionários às instituições em que realizarão as atividades voluntárias.

Como participar
Para se tornar um voluntário do Doe 1 Dia, os professores e funcionários do IQSC e do ICMC devem preencher o formulário online disponível neste link: icmc.usp.br/e/05ef0. No formulário, o interessado precisa apresentar um resumo da atividade que pretende realizar, explicar os objetivos que deseja alcançar, escolher em qual instituição desenvolverá o trabalho e também apresentar um currículo resumido.

A seguir, as informações serão avaliadas pela Comissão de Cultura e Extensão Universitária (CCEx) do IQSC. Se a proposta for aprovada, será enviada ao chefe imediato do voluntário, para que possa ser averiguada a disponibilidade de realização da atividade e aprovada a data da ação. A seguir, a CCEx do IQSC fará o agendamento com a instituição. Assim, o funcionário será autorizado a exercer a atividade como um trabalho externo à USP e receberá um certificado de participação no projeto.

“Podemos ter um professor da área de matemática palestrando sobre a história da música ou da arte; um secretário ensinando a pescar; um químico falando sobre literatura”, exemplificam as professoras. E finalizam: “O importante é que, durante a atividade, o voluntário destaque o quanto a USP é importante em sua vida e possa inspirar os participantes, mostrando que a comunidade acadêmica está próxima deles e que a Universidade é acessível”.

Texto: Assessoria de Comunicação do IQSC e ICMC
Arte: Fernando Mazzola (ICMC)

Mais informações
Página do projeto: www.lsec.icmc.usp.br/doe1dia
Link para inscrições: icmc.usp.br/e/05ef0
Comissão de Cultura e Extensão Universitária: ccex@iqsc.usp.br

Contato para esta pauta
Assessoria de Comunicação do ICMC: (16) 3373.9666
E-mail: comunica@icmc.usp.br
Assessoria de Comunicação do IQSC: (16) 3373.8831
E-mail: comunicacao@iqsc.usp.br